Investigadores

Ana Gabriela Macedo

Grau académico: Agregação

Categoria profissional: Prof. Catedrático

Grupo(s) de Investigação:

E-mail: gabrielam@ilch.uminho.pt

Telefone: 253604181

ORCID: https://orcid.org/0000-0001-7823-0613

Morada institucional:

Departamento de Estudos Ingleses e Norte Americanos
Instituto de Letras e Ciências Humanas
Universidade do Minho
Campus de Gualtar
4710-057
Braga

Nota biográfica:

Ana Gabriela Macedo é Professora Catedrática do Departamento de Estudos Ingleses e Norte-Americanos da Universidade do Minho. Doutorou-se em Literatura Inglesa, em 1990, na Universidade de Sussex. Tem privilegiado na sua investigação e publicações a Literatura Comparada, os Estudos Feministas e as Poéticas Visuais (questões da representação e do género na fotografia e na pintura). Projectos financiados coordenados: Dicionário Terminológico de Conceitos da Crítica Feminista (FCT, 2005);  Prémios Literários, cânone e políticas editoriais no universo da língua Portuguesa (FC Gulbenkian, 2016); Feminismos de A a Z (Rádio Antena 2, 2017-); Mulheres, artes e ditadura – os casos de Portugal, Brasil e dos países africanos de língua portuguesa (FCT, 2018-). Framing/Unframing, Resisting? Ways of ‘seeing differently’. Women and Gender in Contemporary art and literature.

Interesses de investigação:

Comparative Literature, English Literature (Modernism and Postmodernism), Feminist Studies, Visual Poetics.

Formação:

1990: PH.D. University of Sussex, U.K., 1990 [Wyndham Lewis’s Literary Work (1908-28). Vorticism, Futurism and the Poetics of the Avant-Garde”].

Experiência profissional:

Professor, English Deptartment (DEINA), ILCH, University of Minho, Braga, Portugal

Cargos:

2005-2016: Director of the “Humanities Research Centre” (CEHUM) at Universidade do Minho

2010-2014: President of the “Cultural Council” at Universidade do Minho

Coord. Doctoral Program in Comparative Modernities: Literatures, Arts and Cultures

Projetos

  • 2018 - ... (Coordenador)

    Mulheres, artes e ditadura – os casos de Portugal, Brasil e dos países africanos de língua portuguesa

    PTDC/ART-OUT/28051/2017. English title: Women, arts and dictatorship – Portugal, Brasil and Portuguese speaking African countries.
    
    http://ceh.ilch.uminho.pt/womanart/
  • 2017 - ... (Coordenador)

    ‘Feminismos de A a Z’. Project launched by rtp 1. Cultural magazine in 12 episodes, debating concepts pertaining to Feminism and Gender Studies in dialogue with social, political, aesthetic issues

    https://www.rtp.pt/antena1/os-dias-da-radio/consulta-publica-de-conteudos-radio_9988#
  • 2015 - 2016 (Coordenador)

    O Poder das Narrativas, as Narrativas do Poder. Prémios Literários, cânone e políticas editoriais no universo da língua Portuguesa.

    Financed by the Gulbenkian Foundation. Website: http://cehum.ilch.uminho.pt/narrativas
  • 2015 - ... (Coordenador)

    Framing/Unframing, Resisting? Ways of ‘seeing differently’. Women and Gender in Contemporary art and literature

  • 2015 - ... (Membro)

    Poéticas Visuais e a representação do feminino

    Linha de investigação no âmbito do projecto Literatura e Identidades: História, Mitos e Representações;Instituto de Literatura Comparada Margarida Losa, FLUP, financiado pela FCT
  • 2015 - ... (Membro)

    As Novas Cartas Portuguesas 40 anos depois

    Investigador resp. Ana Luisa Amaral, FLUP.
  • 1999 - 2005 (Coordenador)

    Dicionário Terminológico de Conceitos da Crítica Feminista

    Em colaboração com a Prof. Ana Luísa Amaral da Fac. Letras do Porto. Projecto financiado pela FCT, no âmbito do Programa PRAXIS XXI e POCTI.

Publicações

Livros

  • Estudos Comparatistas e Cosmopolitismo. Pós-Colonialidade, Tradução, Arte e Género, org. Macedo, Ana Gabriela
    Ed. Húmus, 2017.
  • Prémios Literários. O Poder das Narrativas as Narrativas do Poder, org. Ana G. Macedo, Elena Brugioni, Joana Passos, Braga: Edições Afrontamento, 2016.
  • Outros Mapas. Linguagem, Migração, Diáspora, org. Ana Gabriela Macedo, Carlos Mendes de Sousa e Vítor Moura, Braga: Húmus/Cehum, 2016.
  • Conflito e Trauma, org. Ana Gabriela Macedo, Carlos Mendes de Sousa e Vítor Moura, Braga: Húmus/Cehum, 2015.
  • As Humanidades e as Ciências - disjunções e confluências, org. Ana Gabriela Macedo, Carlos Mendes de Sousa e Vítor Moura, Braga: Húmus/Cehum, 2014.
  • Wyndham Lewis's Literary Work, 1908-28; Vorticism, Futurism and the Poetics of the Avantarde. Famalicão: Húmus, 2014.
  • Humanidades. Novos Paradigmas da Investigação e do Conhecimento, eds. Ana Gabriela Macedo, Carlos Mendes de Sousa e Vítor Moura, Braga: Húmus/Cehum, 2013.
  • Estética, Cultura Material e Diálogos Intersemióticos, eds. Ana Gabriela Macedo, Carlos Mendes de Sousa e Vítor Moura, Braga: Húmus/Cehum, 2012.
  • Género, Cultura Visual e Performance, orgs. AG Macedo e F. Rayner, CEHUM/Húmus, Braga, 2011.
  • Vozes, Discursos e Identidades em Conflito, orgs. AG Macedo, C. Mendes de Sousa e V. Moura, CEHUM/Húmus, Braga, 2011.
  • Paula Rego e o Poder da Visão. ‘A minha pintura é como uma história interior’. Lisboa: Cotovia, 2010.
  • Estudos Performativos. Global Performance/ Political Performance, org. Ana Gabriela Macedo, C. Mendes de Sousa and V. Moura, Húmus/Cehum, Braga, 2010.
  • Censura e Inter/Dito, Censorship and Inter/Diction, org. Ana Gabriela Macedo and Maria Eduarda Keating, Univ. do Minho, Braga, 2009.
  • Narrando o Pós-moderno: Reescritas, Re-visões, Adaptações, Centro de Estudos Humanísticos, Universidade do Minho, Colecção Hespérides, Braga, 2008.
  • Narrativas do Poder/O Poder das Narrativas, org. Ana Gabriela Macedo and Maria Eduarda Keating, Univ. do Minho, Braga, 2007.
  • Poéticas Inter-Artes/ Interart Poetics, org. Ana Gabriela Macedo and O. Grossegesse, Univ. do Minho, Braga, 2006.
  • Dicionário da Crítica Feminista, eds. Ana Gabriela Macedo e Ana Luísa Amaral, Porto, Afrontamento, 2005.
  • Identity and Cultural Translation, eds. Ana Gabriela Macedo and Margarida Pereira, Oxford and Bern, Peter Lang, 2005.
  • Re-presentações do Corpo/ Re-presenting the Body, org. Ana Gabriela Macedo and O. Grossegesse, Cehum, Braga, 2003.
  • Género, Identidade e Desejo: Teoria e Escrita Feministas, org. Ana Gabriela Macedo, Ed. Cotovia, Lisboa, 2002.
  • A Mulher, O Louco e a Máquina – entre a margem e a norma, org. Ana Gabriela Macedo, "Centro de Estudos Humanísticos da Universidade do Minho", Colecção Hespérides, Braga, 1998.

Artigos

  • “As narrativas de Mona Hatoum e o efeito de ‘contraponto: des-emoldurando o doméstico enquanto performatividade e gesto político” in Dossier Feminismos transnacionais: saberes e estéticas pós / descoloniais, org. AG Macedo e Simone Schmidt,Revista de Estudos Feministas,Florianópolis,v. 27, n.1, e58888, 2019. 
    http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_issuetoc&pid=0104-026X20190001&lng=pt&nrm=iso
  • "Dossier Feminismos transnacionais: saberes e estéticas pós / descoloniais", org. AG Macedo e Simone Schmidt,Revista de Estudos Feministas, (UFSC, Brasil), vol. 27, n.1, 2019. http://www.scielo.br/pdf/ref/v27n1/1806-9584-ref-27-01-e58959.pdf, ISSN 0104-026.
  • "A ‘coragem’ de expor, em Paris, os Contos Cruéis de Paula Rego", Jornal de Letras n.1260, 16-29 Janeiro 2019, p. 22-3.
  • “Interweaving is like knitting. Paula Rego’s ‘interior theatre’ and the intricate pattern of her emotional and intellectual networking”, in Dossier Género na Arte de Países Lusófonos. Corpo, Identidade, Sexualidade, Resistência, org. Aida Rechena e Teresa Furtado, Faces de Eva, 2019. (in press)
  • Recensão, "Terceto para o Fim dos Tempos" (Maria Lúcia dal Farra), Colóquio Letras , 199, Set/Dez. 2018
  • “Paula Rego. Segredos e Histórias” in JL, Jornal de Letras Artes e Ideias, 26 Abril 2017 (p. 25).
  • “Mulheres, Arte e Feminismos, ‘modos de ver diferentemente’” in Vista, Revista de Cultura Visual n.1, Políticas do Olhar orgs. Maria da Luz Correia e Carla Cerqueira, 2017 (93-107). (http://vista.sopcom.pt/ficheiros/20170519-93_107.pdf)
  • Ara de Ana Luísa Amaral – uma realidade descontínua, in Convergência Lusíada n.º 36: Escrever(se)Mulher: Cânones e Rupturas. org. Ana Luísa Amaral, Marinela Freitas e Raquel Menezes, (Dezembro 2016), 23-27. (http://www.realgabinete.com.br/revistaconvergencia/?p=3633)
  • “Apátrida de Isabel Moreira”, Colóquio Letras 188 (Jan.-Abril 2015), Lisboa (250-252).
  • AG Macedo and M. Pereira, “Women and Gender Studies in Portugal. An Overview from an Anglicist Perspective”, in Rewriting Academia. The Development of the Anglicist Women’s and Gender Studies of Continental Europe, Renate Haas ed., Frankfurt am Main: Peter Lang, 2015 (27-49).
  • Dossier “Prémios Literários. O Poder das Narrativas/As Narrativas do Poder” (org.), in Diacrítica 29/3, Húmus/CEHUM, Braga, 2015 (7-45).
  • “Visual and Literary narratives of dissent. Unframing Women and Representation”, (CCWW eRepository, 'Conference and Workshop', School of Advanced Studies, Univ. of London), 2015, http://sas-space.sas.ac.uk/6168, in Journal of Romance Studies, vol 15, issue 3, Winter 2015, 83-98.
  • “A Literatura Comparada não é uma ‘no man’s land’”, Dedalus 17-18, Revista da APLC, 2014 (33-39).
  • “Novas Cartas Portuguesas 40 anos depois”, in Diacrítica Filosofia e Cultura, 28.2, 2014 (105-108).
  • “‘To Suffragettes. A Word of Advice…’.  Blast, Gender and ‘Art under Attack’”, in Cadernos de Literatura Comparada 31, ILCML, UPorto, 2014. (297-316). 
    (http://ilc-cadernos.com/index.php/cadernos/issue/view/4)
  • “Oratório” de Paula Rego no Museu da Ordem dos Terceiros, Ponte de Lima, in  Jornal de Letras, 12 de Junho 2013, p.9.
  • "Gender and Cultural Criticism. Feminism and Gender Studies as an arachnology and an indiscipline", in Transpostcross, Univ. of Bologna (online journal, peer review), coord. Maurizio Ascari, Giuliana Benvenuti e Rita Monticelli, 2013. http://www.transpostcross.it
  • “Próspero Morreu de Ana Luísa Amaral: Palimpsestos e travessias” Diacrítica, Húmus/CEHUM, 27.3, (2013), (329-332).
  • "As Narrativas de Novas Cartas Portuguesas e Dores de Maria Velho da Costa. Uma reflexão sobre o intertexto de histórias no feminino e a História cultural e política", in Cadernos de Literatura Comparada 26/27, ILCML, Porto, 2012. pp.163-179.
  • “Nos bastidores do ‘Oratório’ de Paula Rego”, in JL 19 de Outubro 2011, pp.22-23.
  • “After Mrs. Rochester: Rewriting as Re-Vision” (Journal of Adaptation in Film and Performance, vol 3, n.3, 2011, (271-289).
  • “Mulheres, Arte e Poder: uma narrativa de contra-poder?” in Literatura e Outras Linguagens, Revista de Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea, Univ. de Brasília, n.37, Janeiro/Julho 2011, pp. 61-77.
  • “O Feminismo como aracnologia e indisciplina: Tópicos para repensar o Feminismo hoje”, in Género e Ciências Sociais, org. Sofia Neves, Castelo da Maia: Edições ISMAI, 2011, pp. 41-47.
  • Wyndham Lewis. Uma exposição antológica, JL Março 2010, p.30.
  • Dossier Literatura Comparada in Diacrítica Ciências da Literatura 24.3, CEHUM/Húmus, (2010).
  • A Casa das Histórias – Paula Rego entre Xerazade e Alice por detrás do espelho, JL, Set.2009.
  • “Paula Rego’s Sabotage of Tradition: ‘Visions’ of Femininity”, Luso-Brazilian Review 45/1, 2008 (164-174).
  • “Discutindo o Indiscutível ou Bill T. Jones e ‘a arte como vitimização’”, Diacrítica 22.3, dossier Género e Estudos Feministas, 2008 (15-21).
  • Dossier Género e Estudos Feministas in Diacrítica Ciências da Literatura 22.3, CEHUM, (2008).
  • Paula Rego: “Proibições Inevitáveis ou o Olhar da Memória” in Jornal de Letras, 26 de Setembro de 2007.
  • “The Poetics of the Futurist Stage Manifestos”, in Poesia e Outras Artes: Do Modernismo à Contemporaneidade, Cadernos de Literatura Comparada, ILC Margarida Losa, Porto, 2007 (129-147).
  • Review of Paula Rego’s Map of Memory: National and Sexual Politics de Maria Manuel Lisboa, Bulletin of Hispanic Studies, Liverpool, 2006 (pp.137-8).
  • “Mulheres, Arte e Poder- uma narrativa de contra-poder?”, in Margens e Confluências, Revista da ESAP 11/12, Porto-Guimarães, 2006, pp.22-35.
  • “Feminismo e Pós-feminismo(s)” in Revista  de Estudos Feministas 14.3, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Univ. Federal de Sta. Catarina, Florianópolis, Brasil, Dezembro 2006 (813-817).
  • “Poéticas Visuais e Reconfigurações do Corpo”, Literatura Comparada no século XXI, in Cadernos de Literatura Comparada, ILCML, Porto, 2005 (pp.35-50).
  • “Jane Eyre de Paula Rego: Histórias de Mulheres”, Jornal de Letras, 12 Novembro 2003 (32-3).
  • “Virginia Woolf: Visual Poetics and the Politics of Visibility”, in Cadernos de Literatura Comparada 8/9, Porto, Ed. Granito, Dezembro 2003 (121-139).
  • “A Palavra, A Identidade e A Cultura Translativa: Para uma Introdução ao Dicionário Terminológico de Conceitos da Crítica Feminista” (em colaboração com Ana Luísa Amaral), Entre ser e estar. Raízes, percursos e discursos de identidade, org. António Sousa Ribeiro et al., Ed. Afrontamento, Porto, 2002 (383-408).
  • “Os Estudos Feministas Revisitados. Finalmente visíveis?” in Floresta encantada: novos caminhos da literatura comparada, (orgs. Helena Buescu, João Ferreira Duarte e Manuel Gusmão, Lisboa: Dom Quixote, 2001).
  • “Da Materialidade da Literatura: A Torre de Babel e o Poder da Linguagem”, Diacrítica (16), Braga: CEHUM, 2001 (5-16).
  • “Anti-Fábulas, Anti-Mitos e a Arte de Narrar Descolonizando o pensamento” em colaboração com Ana Maria Chaves), Cadernos do Noroeste, vol. 17 (1-2), 2002 (165-172).
  • “Through the Looking-Glass: Paula Rego’s Visual Rhetoric, an ‘aesthetics of danger’” in Textual Practice, 15 (1), Alan Sinfield, (ed.) Spring, (2001), London, Routledge (67-85).
  • “Material Girls! Feminism and Body Matters”, in Corpo e Identidades, Cadernos de Literatura Comparada n.3-4, Instituto de Literatura Comparada Margarida Losa Porto, Ed. Granito, 2001 (145-168)
  • “Da ‘Mulher-Cão’ à ‘Mulher-Anjo’ – Paula Rego, Identidade, Desejo e Mito”, Cadernos de Literatura Comparada n. 2, “Identidades no Feminino”, org. Maria de Fátima Outeirinho e Rosa Maria Martelo, Instituto de Literatura Comparada Margarida Losa, Ed. Granito, Porto, 2001 (63-84).
  • “Amaro ‘Entre as Mulheres’ ou ‘The Company of Women’: Paula Rego re-visitando Eça”, O Escritor n.15/16/17 (2001), (110-131).
  • “Ana Hatherly e Luísa Costa Gomes”, Literatura: Vozes e Olhares no Feminino, org. Isabel Pires de Lima, Porto, Ed. Afrontamento, 2001 (222; 234).

Capítulos em livros

  • “What’s in a name ou, o perfume da rosa”, in Livro de Homenagem a Maria Helena Serôdio, org. Sebastiana Fadda & Maria João Almeida, 2018. (in press)
  • “Paula Rego e o Poder da Visão. ‘O que é isso de uma arte sem gênero? Uma arte neutra?’”, in Transgressões de Pandora: Subjetividades e polifonias, orgs. Nádia da Cruz Senna e Ursula Rosa da Silva, Pelotas: Ed. UFPel, Brasil, 2018 (pp.23-33), http://guaiaca.ufpel.edu.br/bitstream/prefix/4190/1/Transgress%C3%B5es%20de%20Pandora_ebook.pdf
  • “Paula Rego e o Poder da Visão. ‘O que é isso de uma arte sem gênero? Uma arte neutra?’”, in Transgressões de Pandora: Subjetividades e polifonias, orgs. Nádia da Cruz Senna e Ursula Rosa da Silva, Pelotas : Ed. UFPel, Brasil, 2018 (pp.23-33).
    http://guaiaca.ufpel.edu.br/bitstream/prefix/4190/1/Transgress%C3%B5es%20de%20Pandora_ebook.pdf
  • “Material culture, new corpographies of the feminine and narratives of dissent.  Myra, by Maria Velho da Costa and Paula Rego – an intersemiotic dialogue”, in The Edge of One of Many Circles. Homenagem a Irene Ramalho Santos, Isabel Caldeira, Graça Capinha e Jacinta Matos orgs., Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2017 (pp. 55-74). 
    https://pombalina.uc.pt/pt-pt/livro/material_culture_new_corpographies_feminine_and_narratives_dissent_myra_maria_velho_da_costa
  • “Performative Identities and Interwoven Art Practices: Paula Rego, Menez and Alberto de Lacerda”, in How Peripheral is the Periphery? Translating Portugal Back and Forth. Essays in honour of João Ferreira Duarte, eds., Marta Pinto, Rita Bueno and Sara Ramos Pinto. Newcastle upon Tyne: Cambridge Scholars Publishing, 2015, (297-315). 
    https://books.google.pt/books?id=XovWCgAAQBAJ&pg=PA297&lpg=PA297&dq=%E2%80%9CPerformative+Identities+Interwoven+Art+Practices:+Paula+Rego,+Menez+and+Alberto+de+Lacerda
  • “Three Women – a Poem for Three Voices. A Portuguese version. Can a dialogue be polyphonic?” in Eleonora Federici, ed., Translating Gender, Oxford and Bern: Peter Lang, 2011, pp. 189-202.
  • "The Powers of Narrative. Antonia Byatt, Storytelling, Death and Biological Time " in Discourses and Narrations in the Biosciences. Interfacing Science, Literature, and the Humanities, (vol. 8), eds. Paola Spinozzi and Brian Hutwitz, Vandenhoeck & Ruprecht, V&R Unipress Scientific Series: Göttingen, 2011, pp. 227-235.
  • “O Sorriso da Gioconda: Feminismo, arte e performance”, in Simone de Beauvoir. Olhares sobre a Mulher e o Feminino”, eds. Isabel Capeloa Gil e Manuel Cândido Pimentel, Vega: Lisboa. 2010, pp. 187-206.
  • “Interdisciplinaridade e Cultura Visual” in Transversalidades: Travel Writing, Film and Literature, eds Margarida Pereira, Rebecca Harwod e Mário Matos, Col Hespérides, Cehum, Braga, 2009.
  • “Donna Haraway, o Ciberfeminismo e as Novas Cartografias do Feminino”, in O Longo Caminho das Mulheres. Feminismo 80 anos depois, org. Lígia Amâncio, Teresa Joaquim e Teresa Sousa de Almeida, Lisboa: Dom Quixote, 2007 (255-261).
  • Ricardo Pais: Actos e Variedades. “A memória do teatro como ‘restauro imaginário’”, Sinais de Cena, Lisboa: Campo das Letras, 2007 ( 115-117).
  • “Virginia Woolf as cultural icon: the Visual Word and the Visual World”, Studi di genere e memoria culturale/ Women and Cultural Memory, eds. Vita Fortunati, Gilberta Golinelli, Rita Monticelli, Bologna: CLUEB, 2004 (193-210).
  • “A arte de Paula Rego: uma ‘máfia’ de mulheres?”, O homem de costas: o corpo no teatro, cinema, fotografia e artes plásticas, ed. Helena Serôdio, Lisboa: Livros Horizonte, 2003 (241-251).
  • “Herstories: new cartographies of the feminine and the politics of location”, in The Controversial Women’s Body: Images and Representations in Literature and Art, eds. V. Fortunati, A. Lamarra, E. Federici, Bononia : Bononia U.P, 2003 (71-86).

Artigos em livros de atas

  • “Enquadrar, Desenquadrar, Reenquadrar/Resistir – Mulheres, Arte e Feminismos, modos de ver diferentemente”, Fazendo Gênero 10, org. Gláucia de Oliveira Assis,
    Luzinete Simões Minella, Susana Bornéo Funck, Editora Mulheres, Univ. Sta Catarina, Florianópolis., 2014 (95-112).
  • “Women, Art and Power: feminist matters in a global world”, in Act Out, Universidade de Évora, Licornio: Évora, 2011, pp.14-16.
  • Myra de Maria Velho da Costa um “Sul de passagem” - da rasura da identidade à violência indizível” , in Fronteiras de Género 9, eds.  Joana Maria Pedro, Sílvia Maria Arendt, Carmen Moraes Rial, Florianópolis, Ilha de Sta Catarina: Ed. Mulheres, 2011, pp. 203-213.
  • Cumplicidades Comparatistas: Origens/Influências/Resistências, “Actas do VI Congresso Internacional da Assoc. Port Literatura Comparada/X Colóquio de Outono do CEHUM2, org. Ana Gabriela Macedo et alli, Universidade do Minho, Braga, 2010.
  • “Tópicos para repensar a questão do(s) Feminismo(s) hoje”, in Actas do Congresso Feminista, UMAR, Lisboa, 2009, CD-rom.

Outras publicações

  • Translation (in collaboration) of R. Radhakrishnan´s “Why Compare?” and Susan Stanford Friedman’s “Why Not Compare?” (Comparison. Theories, Approaches, Uses, eds. Rita Felski and Susan Stanford  Friedman, John Hopkins UP, 2013), in Estudos Comparatistas e Cosmopolitismo. Pós-colonialidade, Tradução, Arte e Género, org. AG Macedo, Braga: Húmus, 2018.
  • Translation of Adrienne Rich’s poems “Cartografias do Silêncio” e “A Leoa” (from The Dream of a Common Language.) in Livro de Homenagem a Margarida Losa, eds. Ana Luísa Amaral e Gualter Cunha, Fac. de Letras da Universidade do Porto, 2007, pp.261-5.
  • Três Mulheres _ Translation of Sylvia Plath’s dramatic poem Three Women. Relógio d´Água, Lisboa, 2004.
  • "Íntimas Suculências" (in coll. with Ana Maria Chaves). Translation of Laura Esquivel’s novel, Intimas Suculencias . Ed. Asa, Lisboa, 1999.
  • "Pátrias Imaginárias" (in coll. with Ana Maria Chaves, Maria Filomena Louro). Translation of Salman Rushdie’s Imaginary Homelands. Ed. Dom Quixote, Lisboa, 1994.
  • O Clube da Sorte e da Alegria _ (in coll. with Ana Maria Chaves). Translation of Amy Tan’s novel , The Joy Luck Club. Ed. Dom Quixote, Lisboa, 1993.
  • Fora Deste Mundo - (in coll. with Ana Maria Chaves) Translation of Graham Swift’s novel Out of This World . Ed. Dom Quixote, Lisboa, 1991.

Redes

  • 2018 - MEDIM

    Coord. University of Malta and Goldsmith College.
  • 2018 - European Intertexts

    Coord. Univ. of Hull.
  • 2018 - Athena - Women´s Studies in Europe

    Coord. Univ. of Utrecht.
  • 2018 - ACUME 1 Women and Cultural Memory

    Coord. Univ. of Bologna e Univ. of Warwick.
  • 2018 - ACUME 2

    Coord. Univ. Bologna.
  • 2018 - Translation Studies

    Coord. Univ. de Calabria, em fase de candidatura.

Orientação de teses

Pós-Doutoramentos

  • 2015 - (...) | Orientador

    Márcia Oliveira

    “The Making of Art: Tracing Feminist Processes through 20th Century Artists’ Books”

  • 2015 - 2015 | Orientador

    Joana Vilela Passos

    Literatura Indo-Portuguesa nos séculos XIX e XX: o caso de Goa

  • 2015 - 2015 | Orientador

    Elena Brugioni

    Pós-colonialismo, cânone e revisão das literaturas homoglotas no contexto português

  • 2015 - (...) | Orientador

    Maria Luísa de Sousa Coelho

    Portuguese Artists and Writers in London (1950-1986): Cultural Networks and Identities in Transit

Doutoramentos

  • 2015 - (...) | Orientador

    Maria Amélia Carvalho

    “Identidades Trianguladas – género, tradução e pós-colonialismo nas obras das escritoras luso-americanas Katherine Vaz e Erika de Vasconcelos”

    Literatura Comparada, Tradução e Género

  • 2015 - (...) | Orientador

    Ana Sofia Carvalho

    “We Carry this Map of Ourselves Around”: The Queer Body as Transnational

    Literatura Comparada, Poéticas Visuais e de Género

  • 2015 - (...) | Orientador

    Orquídea Cadilhe

    “‘Cher’, between the myth of celebrity and the empowerment of minorities. Transmutations of the ‘unruly woman’”

    Literatura Comparada, Poéticas Visuais e de Género

  • 2014 - 2018 | Orientador

    Fernanda Benedito

    “LITERATURAS AFRICANAS E MAPEAMENTO DE ESPAÇOS TRANSCULTURAIS: Um Olhar Sobre Contextos Africanos”

    Literatura Comparada, Estudos Pós-Coloniais e de Género

  • 2014 - 2018 | Co-orientador

    Leomaris Ayres

    “DA LITERATURA AO CINEMA: O ESPAÇO DE CONCEPÇÃO DA ADAPTAÇÃO CINEMATOGRÁFICA ESTIVE EM LISBOA E LEMBREI DE VOCÊ “

    Universidade Federal de Santa Catarina - Programa de Pós-graduação em Estudos da Tradução (PGET)

  • 2013 - 2013 | Orientador

    Márcia Oliveira

    Arte e Feminismo em Portugal no Contexto Pós-Revolução

  • 2013 - 2013 | Co-orientador

    Edma Cristina Alencar de Góis

    Donas dos Próprios Corpos? Representações de Corpos Femininos por Autoras Brasileiras Contemporâneas

  • 2012 - 2012 | Orientador

    Maria Luísa de Sousa Coelho

    Estudos Feministas e Comparados (Literatura/ Poética Visual/ Poética Inter-Artes)

  • 2008 - 2008 | Orientador

    Maria Manuela Ribeiro Veloso

    Tradução Intersemiótica, Transculturalidade e Transtextualidade nas Estéticas da Vanguarda de Expressão Inglesa, Alemã e Portuguesa

  • 2006 - 2006 | Orientador

    Margarida Pereira

    Do Romance Vitoriano ao Romance Pós-moderno: reescrita e problematização do feminino em A. S. Byatt

Mestrados

  • 2018 - (...) | Orientador

    Luis Filipe Costa

    The Gap of Time, de Jeanette Winterson. Leituras intertextuais

  • 2013 - 2013 | Orientador

    Andreia Neto

    Wide Sargasso Sea – Autobiografia, intertextualidade e poéticas do eu

  • 2012 - 2012 | Orientador

    Fátima Silva

    Reescritas Intertextuais de 'Orlando' de Virginia Woolf

  • 2011 - 2011 | Orientador

    Lucília Santos

    Marina Warner e a reescrita dos mitos femininos

  • 2010 - 2010 | Orientador

    Márcio Hemerique

    A Jornada Científica, Psicológica e Literária de Virginia Woolf – em torno de Mrs. Dalloway, To the Lighthouse e The Waves

  • 2009 - 2009 | Orientador

    Orquídea Cadilhe

    Intertextualidades em Girl with a Pearl Earring, Girl in Hyacinth Blue e The Music Lesson: o toque de Vermeer

Comissões científicas