Investigadores

Pedro Meneses

Grau académico: Doutoramento

Categoria profissional: Investigador (sem bolsa)

Grupo(s) de Investigação:

E-mail: pedro10meneses@gmail.com

Website(s):

CIÊNCIA ID: 5911-AEEB-E2A6

ORCID: 0000-0001-7856-9166

Nota biográfica:

Na Universidade do Minho, licenciou-se, em 2009, em Estudos Portugueses — Via Ensino e, em 2013, completou um mestrado em Mediação Cultural e Literária com uma dissertação sobre "O Reino" de Gonçalo M. Tavares intitulada "A natureza não reza". Em 2018, doutorou-se com a defesa de uma tese de doutoramento sobre "Uma viagem à Índia", no âmbito de um projeto financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia. Tem publicado artigos sobre outras obras de Gonçalo M. Tavares e pertence ao Grupo2i, Grupo de Investigação em Identidade(s) e Intermedialidade(s). É atualmente leitor do Instituto Camões na Universidad de los Andes (Bogotá).

Interesses de investigação:

Cinema, Retratística, Literatura Comparada, Animal Studies, Pós-humano, Estudos Interartes, Literatura Portuguesa Moderna e Contemporânea, Estudos Intermediais, Estudos Portugueses.

Formação:

Licenciatura em Estudos Portugueses — Via Ensino

Mestrado em Mediação Cultural e Literária — Especialização Cinema e Literatura

Doutoramento em Ciências da Literatura — Especialidade em Literatura Comparada

Experiência profissional:

Professor de Literaturas de Língua Portuguesa e Teoria da Literatura em Educação na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (2011-2018)

Professor de Português Língua Estrangeira na Universidade do Minho entre 2009 e 2013 (Gabinete de Relações Internacionais e BabeliUM)

Professor de Língua Portuguesa no Curso de Preparação e Avaliação para Alunos Maiores de 23 Anos na Universidade do Minho entre 2010 e 2013 e em 2018.

Professor Visitante por Convénio do Instituto Camões com a Universidad de los Andes (Bogotá) (2019-)

Projetos

  • 2013 - 2018 (Membro)

    Projeto de doutoramento individual financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia com a referência SFRH/BD/85935/2012

    Monografia sobre "Uma viagem à Índia" de Gonçalo M. Tavares com o título "Um valoroso lugar incerto. A cartografia do humano em «Uma viagem à Índia» de Gonçalo M. Tavares". Diálogo intertextual com "Ulysses" e "Os Lusíadas". Orientado pelos professores doutores Eunice Ribeiro, Luís Mourão e Francesca Rayner. Tese disponível em http://repositorium.sdum.uminho.pt/handle/1822/54992.

Publicações

Livros

  • MENESES, P. (2018). UM VALOROSO LUGAR INCERTO. A CARTOGRAFIA DO HUMANO EM UMA VIAGEM À ÍNDIA DE GONÇALO M. TAVARES. FAMALICÃO: HÚMUS.

Artigos

  • Meneses, P. (2020). Retrato do género humano quando bebé. Uma leitura de “Menino a bico de pena” de Clarice Lispector. In X. Núñez Sabaría, X. & D. Tavares, (eds.). Revista 2i: Estudos de Identidade e Intermedialidade, 2 (1) – Literatura e Televisão: Novas Narrativas/Ficções Transmédia (173-185). Acessível em: https://revistas.uminho.pt/index.php/2i/issue/view/34
  • Meneses, P. (2020). Se me esquecer de ti, Bloom, que seque a minha mão direita. Colóquio-Letras, 203 (janeiro/abril), pp. 59-70.
  • Meneses, P. (2019). Breves notas sobre a ética a partir de Adília Lopes, in Pizarro, J., Martelo, R. M. & Medeiros, P. (eds.), eLyra, n. 14, Porto, Rede Internacional LyraCompoetics-Instituto de Literatura Comparada Margarida Losa, pp. 141-154. Disponível em https://www.elyra.org/index.php/elyra/issue/view/18.
  • “Notas sobre o coração, o devir e a ética a partir de 1”, in Tamanha Poesia, volume 2, n.º 4, jul-dez (2017), pp. 58-70, disponível
em https://tamanhapoesia.files.wordpress.com/2018/03/tamanhapoesia04goncalomtavares.pdf.
  • “Dentro e fora do mapa, e todavia dentro do território: corpo e imaginação segundo O dicionário do menino Andersen de Gonçalo M. Tavares e Madalena Matoso”, in Diacrítica, 30, Braga, Húmus (2016), pp. 183-205.
  • 1.	“A máquina e a coleção e Joseph Walser”, in Pinto, M. V. & Mourão, L., Convergência Lusíada, jul/dez (2013), pp. 82-95, disponível
em http://www.realgabinete.com.br/revistaconvergencia/?p=2926.
  • Meneses, P. et alii (2010), "Breve cartografia do imaginário contemporâneo. NYC, femmes fatales, amazonas", Diacrítica, dossiê Literatura Comparada, 24/3, p. 325-345.

    RepositóriUM: http://repositorium.sdum.uminho.pt/handle/1822/11863

Capítulos em livros

  • MENESES, Pedro. “Pedalando contra o céu na Era da Técnica” in Pinto, M. V. (0rg.) (2018), Gonçalo M. Tavares: ensaios, leituras, aproximações (pp. 189-222). Rio de Janeiro: Oficina Raquel.
  • “O peso de estar vivo segundo Vergílio Ferreira e Gonçalo M. Tavares”, in Coutinho, A.P. et alii, Vergílio Ferreira: escrever e pensar, ou o apelo invencível da arte, Gouveia, Âncora Editora (2017), pp. 349-367.
  • “Gonçalo M. Tavares: um caso tardo-modernista?”, in Macedo, A. G. et aliae, Prémios Literários. O poder das narrativas, as narrativas do poder, Porto, Afrontamento (2016), pp. 169-181.
  • "Recuperação do Romantismo como material em Nuno Júdice e Rui Chafes", in Ribeiro, E. (org.), Envolvimento e Clímax, disponível em http://hdl.handle.net/1822/13521 (2011), p. 77-91.

Artigos em livros de atas

  • MENESES, Pedro. “O Bairro de Gonçalo M. Tavares como utopia”, in Grossegesse, O. et alii (orgs.), XVIII Colóquio de Outono. Outros lugares: utopias, distopias, heterotopias (pp. 175-194). Braga: Universidade do Minho.
  • "Depois da epopeia: ironia e desencanto n' Uma viagem à Índia de Gonçalo M. Tavares", in Álvares, C. et alii, Atas do Colóquio Figuras do Idiota. Literatura, Cinema e Banda Desenhada (2015), pp. 227-239.
  • 2.	“A Era da Técnica em animalescos de Gonçalo M. Tavares”, in Macedo, A. G. et alii, Atas do XV Colóquio de Outono. As Humanidades e as Ciências. Disjunções e Confluências (2014), pp.181-196.

Trabalhos de natureza artística

  • Meneses, P. (2019). A Namorada de Óculos e outros desenhos de Luis Manuel Gaspar. In Pizarro, J., Martelo, R. M. & Medeiros, P. (eds.), eLyra, n. 14, Porto, Rede Internacional LyraCompoetics-Instituto de Literatura Comparada Margarida Losa, pp. 203-210. Acessível em https://www.elyra.org/index.php/elyra/issue/view/18.

Organização de eventos

Participação em eventos

  • Aula aberta

    Luciérnagas, limoneros, nubes: líneas de fuga en "Diario de la peste" de Gonçalo M. Tavares. Aula aberta via Zoom com transmissão no facebook da Facultad de Artes y Humanidades da Universidad de los Andes (Bogotá).

  • Aula aberta

    El "Diario de la Peste" de Gonçalo M. Tavares según Michel Foucault y Franz Kafka. Aula aberta via Zoom com transmissão no facebook da Facultad de Artes y Humanidades da Universidad de los Andes (Bogotá).

  • Seminário (Por convite)

    Lançamento de "Poemas cotidianos" de Ruy Belo (Ediciones Vestigio). Com Jerónimo Pizarro, María Gómez Lara e Duarte Belo.

  • Seminário (Por convite)

    Apresentação da Colección Labirinto (Universidad de los Andes) com Jerónimo Pizarro na Livraria Lerner, Bogotá.

  • Seminário (Por convite)

    Feria Internacional del Libro de Bogotá (FILBo) 2019. Tránsitos literarios de Portugal. Conversa com Afonso Cruz e Bárbara Bulhosa.

  • Colóquio/Congresso (Por convite)

    Participação como orador no Colóquio Internacional "Por el barrio de Adilia Lopes" na Universidad de los Andes, Bogotá, no dia 30 de abril de 2019, com a comunicação "Breves notas sobre a ética a partir de Adília Lopes".

  • Colóquio/Congresso

    Participação como orador na 3.ª edição das Jornadas de Investigadores Juniores, org. CEHUM (2017).

  • Colóquio/Congresso

    Participação como orador no XIX Colóquio de Outono. No princípio era a palavra: o lugar das Humanidades, org. CEHUM, Universidade do Minho (2017), com a comunicação “Bloom, um imortal”.

  • Colóquio/Congresso

    Participação como orador no Colóquio Centenário Vergílio Ferreira 1916-2016, O Apelo Invencível da Arte, org. Instituto Literatura Comparada Margarida Losa e Câmara Municipal de Gouveia (2016), com a comunicação “O peso de estar vivo segundo Vergílio Ferreira e Gonçalo M. Tavares”.

  • Colóquio/Congresso

    Participação como orador na X APSA Conference, org. Stanford University (2016), com a comunicação “Bloom e Soares: dois desempregados da Índia em viagem”.

  • Seminário (Por convite)

    Participação como orador no Ciclo de Seminários Ciências da Literatura – Literaturas em Trânsito. Retroprojeções entre ensaio e ficção: Gonçalo M. Tavares em diálogo com o estudioso da sua obra Pedro Meneses e com os tradutores Marianne Gareis e Roberto Mulinacci, org. CEHUM, Universidade do Minho (2016).

  • Colóquio/Congresso

    Participação como orador no Colóquio Prémios Literários. As narrativas do poder, o poder das narrativas, org. CEHUM, Universidade do Minho (2015), com a comunicação “Gonçalo M. Tavares: um caso tardo-modernista?”.

  • Seminário

    Participação como orador (e apresentando poster) na 2.ª edição das Jornadas de Jovens Investigadores – TransCehum, org. CEHUM, Universidade do Minho, Braga (2014).

  • Colóquio/Congresso

    Participação como orador no Colóquio Figuras do Idiota, org. Cristina Álvares et alii, Universidade do Minho (2014), Braga, com a comunicação “Depois da epopeia: ironia e desencanto em Uma viagem à Índia de Gonçalo M. Tavares”.

  • Colóquio/Congresso

    Participação como orador no XV Colóquio de Outono, org. CEHUM, Universidade do Minho, Braga, Portugal (2013), com a comunicação “A Era da Técnica em animalescos de Gonçalo M. Tavares”.

Orientação de teses

Mestrados

  • 2020 - (...) | Orientador

    Angie Paola Vargas Arévalo

    Saltar, danzar y caer como formas de la huida: una revisión del monólogo interior en la serie de relatos "Canções" de Gonçalo M. Tavares.

    Estudios Literarios - Universidad Nacional de Colombia (Bogotá)

Outros dados

  • "Breve análise de conversas realizadas na Internet por falantes do Kuikuro e do Português em 2009 e 2010". Coorientação de tese de licenciatura em "Lenguas y Cultura" de Valentina López Alvis pela Universidad de los Andes, Bogotá, Colômbia. Elaborada desde janeiro até maio de 2020.

  • "La máquina de Joseph Walser: un descenso moral y físico hacia el funcionamiento del mal". Orientação de tese de licenciatura em "Literatura" de Santiago Andrés Mendoza Gamboa pela Universidad de los Andes, Bogotá, Colômbia. Elaborada desde agosto até dezembro de 2020.